PC
I'll be there till the stars don't shine. Till the heavens burst and the words don't rhyme, and I now when iI dye, you'll be on my mind. And i love you always.

"Meu erro, me amo de menos, te amo demais.
— Meu erro, Pimentas do Reino (via onde-estao-os-oculos)
"Coração apaixonado é bobo , um sorriso seu eu me derreto todo.
Pimentas do Reino. (via d-esfazer)

E quantas coisas eu já perdi … por medo de perder!

"A gente não tem quase nada a ver. Mas o que tem a ver, vale por tudo.
— Henrique Cerqueira (via 1-refugio)

 

contra a tirania 
de viver
longe de você. 
Eu protesto! 

"…Dá vontade de arrancar, com as minhas próprias mãos, toda dor que você sente. Imagine quem criou você, quem sabe tudo de você, imagine o que Deus sente…
Henrique Cerqueira (via deixa-de-evitar-o-inevitavel)
"Que bobagem falar que é nas grandes ocasiões que se conhece os amigos! Nas grandes ocasiões é que não faltam amigos. Principalmente neste Brasil de coração mole e escorrendo. E a compaixão, a piedade, a pena se confundem com amizade. Por isso tenho horror das grandes ocasiões. Prefiro as quartas-feiras.
Mário de Andrade (via quoteiros)
"Aceito ser criticada e abraço as críticas: obrigada. Mas me dou o direito de, também, mandá-los à grandíssima merda.
— Tati bernardi. (via inquietud-e)
"Quando tudo for pedra…
Atire a primeira flor.
Autor Desconhecido. (via inquietud-e)
"Nossa história foi escrita torta de propósito pra gente se cruzar.
Gabito Nunes. (via inquietud-e)
"Que nosso egoismo, não destrua nossos corações.
Legião Urbana.   (via recrie-i)
"Tira esse azedume do meu peito e com respeito trate minha dor.
Los Hermanos. (via inquietud-e)
"Frio na barriga. Essa era uma porcaria de metáfora. Era mais como um tiro.
Dezesseis Luas. (via inquietud-e)
"Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram.
— Machado de Assis (via loveyoubutyouloveme)
"Guarda estes versos que escrevi chorando como um alívio a minha saudade, como um dever do meu amor; e quando houver em ti um eco de saudade, beija estes versos que escrevi chorando.
Machado de Assis  (via d-ecapitar)